textes et tablatures, SYLVIE

Texte soumis aux Droits d'Auteur - Réservé à un usage privé ou éducatif.

Desafinado

Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça

 

RE        RE           MI 7      MI 7                   

Se voce disser que eu desafino amor,    

Mim 7       LA 7       FA# m   SI 7      

saiba que isso em mim provoca imensa dor

MIm7         FA#7    SI 7         SI 7

Só privilegiados tem ouvido igual ao seu, 

MI7        MI7           SOL m      LA

Eu possuo apenas o que Deus me deu

 

 

RE        RE           MI7      MI7                   

Se voce insiste      em classificar,    

Mim 7       LA 7       FA# m   SI 7      

Meu comportamento de antimusical

SOL          SOL m       FA#m 7   SOL/DO#       

Eu, mesmo mentindo     devo argumentar, 

 

 

Fa#      FA#            SOL# m      DO#

Que isto é bossa nova, Que isto é muito natural

Fa#      FA#            SOL# m      DO#

O que voce nao sabe, nem sequer pressente,  

Fa#      RE# m            SOL# m      DO#

É que os desafinados também tem um coraçao

LA       SI b        SI m 7     MI 7

Fotografei voce na minha Rolleiflex,     

MIm7           DOm6        MIm 7   LA 7

Revelou-se a sua enorme ingratidao

 

 

RE        RE           MI7      MI7                   

Só nao poderá falar assim do meu amor,    

Mim 7       LA 7       FA# m   SI 7      

Este é o maior que voce pode encontrar, viu

SOL        SOLm         Fa#m7            SIm9

Voce com a sua música esqueceu o principal,   

 

 

        MI7

Que no peito dos desafinados

            SOL m             

No fundo do peito bate calado,

MI7            LA             RE        

Que no peito dos desafinados, Também bate um coraçao